Sedução e prazer....

Ir em baixo

Sedução e prazer....

Mensagem  Midori em Dom Abr 29, 2012 6:17 am

Oiii gente ^///^ Bom, minha primeira fic que vô postar aqui >//< é de um casal que eu gosto muito apesar de não ser meu favorito xD (UruXRu) Bom, sejam criticos okay Razz

Título: Sedução e Prazer...
Classificação: +18
Categorias: the GazettE
Personagens: Uruha, Ruki, Aoi, Reita, Kai
Gêneros: Lemon, yaoi
Avisos: Homossexualidade


Sedução e Prazer

Capítulo 1

-Você vai mesmo me forçar a fazer isso? – Comentou o garoto em pé em frente a porta do carro.

-Eu não estou forçando, afinal eu sei que você quer, não estou certo?

-É claro que não está!

-Por acaso você está insinuando que eu sou burro Takanori? Você acha mesmo que eu não percebi o jeito com que você andou me olhando ultimamente? – Comentou fazendo o menor corar levemente sua face.

-... - Ruki apenas tentou desviar o olhar do mais velho.

-Anda logo e pare de besteiras, ou quer que eu te coloque aqui a força? Olha que não seria má idéia... –Ergueu um pouco a cabeça mostrando, ao pequeno, o seu sorriso travesso, o que fez com que o outro corasse ainda mais.

-Eu não vou entrar aí seu... Seu pervertido!
Takanori olhou para os lados e começou a andar na tentativa de fugir do mais velho, mais foi surpreendido por uma mão que o segurou pela cintura.

-Não fala assim que magoa Ru-chan - Kouyou falou manhoso em seu ouvido.

-E-eu não vou já falei! –Tentou tirar o braço do loiro-mel em uma tentativa fracassada, pois o outro era bem mais forte, o que fez com que kouyou o apertasse ainda mais fazendo com que Takanori estremecesse.

-Ah, você vai sim –Falou novamente manhoso em seu ouvido –E nem tente negar porque vai ser pior pra você...
Koyou pegou ruki pelo braço e praticamente o arrastou para o carro o obrigando a entrar.

-Deixa de manha Taka eu sei que você vai gostar, vamos.
Após deixar o pequeno dentro do carro, fechou a porta e andou até o lado do motorista, entrando e se sentando.


Olhou para o pequeno que estava sem jeito e com a face em um leve tom rosado, ah, como adorava ver ele daquela forma, acabou soltando outro sorriso seguido de um sussurro no ouvido do menor.


-Se prepara para delirar...

-Como? –Indagou.


Ignorando a pergunta Uruha ligou o carro e seguiu para o seu aparamento. Passaram todo o caminho sem trocar uma palavra. Uruha apenas dirigia e quando parava em algum sinal se virava para “verificar” como estava o outro, já

Ruki passou todo o tempo estático, sem ao menos olhar para o lado.
Chegando ao estacionamento do hotel Uruha desceu do carro sendo logo acompanhado por Takanori que por sua vez não esperou o loiro e foi logo seguindo ao elevador.

-Já se acostumou com a ideia é Taka?

Ao escutar a voz grossa do outro, parou novamente e começou a fitar o chão com vergonha.

-Pode continuar chibi, eu sei que você está gostando –Sussurrou o acompanhando –afinal quem não estaria? –riu baixinho.

Takanori bufou de raiva por ver o quão convencido Kouyou era.

-... –ainda abriu a boca para rebater, mas parou quando sentiu o loiro alto puxar seu braço seguindo para o seu apartamento.



Entraram no elevador e Kouyou apertou o botão do andar onde se encontrava seu apartamento. Ao chegarem em frente à porta, Ururha pegou o pequeno molho de chaves que se encontrava em seu bolso direito da calça e abriu a porta.

Entrou deixando Takanori entrar por vontade própria. O apartamento era moderno, a sala era enorme com dois sofás pretos e uma poltrona grafite, uma TV de plasma que se encontrava na parede branca em frente ao sofá maior, um centro de vidro onde ficavam algumas revistas e um copo largado, a parede onde se encontrava o mini-bar era toda espelhada e ao lado um corredor onde daria aos outros cômodos.

-Vai ficar aí parado na porta Taka?

-Er... não –Disse baixinho entrando e fechando a porta trás de si.

-Bom, eu vou tomar banho, então enquanto espera fique à vontade.

-Okay.

Uruha seguiu o caminho do banheiro se despindo a cada passo, enquanto Ruki apenas observava a cena ainda atordoado.

Quando Uruha fechou a porta do apartamento Ruki se sentiu mais a vontade para observar o local, caminhou pela sala apenas olhando, depois seguiu pelo corredor, observou os cômodos que estavam com as portas abertas, sem fazer barulho continuou caminhando, o único som que reinava naquele momento era o barulho do chuveiro e os passos abafados e lentos de Takanori.

Passou pela cozinha, dois cômodos fechados, um banheiro e finalmente chegou ao fim do corredor onde havia uma porta com certo brilho diferenciado das outras, ela estava entreaberta, o que a fez chamar mais atenção, resolveu abrí-la, e assim o fez.

-...

Takanori olhou para o quarto um pouco deslumbrado, era enorme e charmoso, mais do que o que pequeno esperava encontrar. As cores das paredes eram claras exceto por uma que era um pouco mais escura, uma cama de casal diferente que ocupava uma boa parte do espaço, era coberta por um lençol vinho forte e chamativo. Havia, também, um armário modesto à frente, duas portas e uma janela bem em frente à cama, uns quadros simples, mas elegantes, também se encontravam lá.

Adentrou o quarto por completo e encostou-se à parede ao lado da porta, deixou com que fosse guiado pela curiosidade, respirou fundo e continuou caminhando, o local estava incendiado com o perfume do maior, o que fez o baixinho cambalear para trás enquanto inspirava fundo, chacoalhou a cabeça e continuou andando até chegar à beira da cama onde teve a ousadia de se sentar.

Em um ato inusitado Takanori se viu abraçado ao travesseiro. Encostou seu rosto no objeto sentindo o perfume mais uma vez adentrar seus pulmões.

Uruha saiu do banheiro apenas com a toalha amarrada na cintura, foi em direção a sala atrás do baixinho, mas se assustou ao ver que o mesmo não se encontrava por lá. Então andou rápido em direção ao quarto a fim de se trocar e ver o que havia acontecido, mais parou ao ver quem estava sentado em sua cama.

-Chibi... –Sussurrou tão baixo a ponto de Ruki não perceber a sua presença.
Uruha observou a cena de pé na porta, o outro continuava com o travesseiro em mãos e observando a cama. O maior ajeitou a toalha em sua cintura e foi em direção a Takanori.

-Sabia que eu adoro ver você assim...?



[continua...]
[i]
avatar
Midori

Mensagens : 33
Data de inscrição : 12/09/2010
Localização : em algum lugar por ai com uruhinha :p

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum