Fic: Kai decide virar rapper

Ir em baixo

Fic: Kai decide virar rapper Empty Fic: Kai decide virar rapper

Mensagem  Frience em Ter Ago 04, 2009 1:03 am

/medo
Juro que eu to quase fechando a janela do FireFoxDDD:

Título: Kai decide virar rapper (link no NYAH!)
Autora: Frience
Gênero: Comédia, No-sense
Personagens: Kai, Miyavi, Ruki, Reita, Aoi, Uruha, 50Cent (outros)
Avisos: Homossexualidade, violência, Linguagem Imprópria
Capítulos: 1 Terminada: Não

{COMENTÁRIOS}

Aquele tinha sido um dos shows mais fã-services que os meninos já tinham feito. Estavam chocados. Eles haviam pegado à vã, pararam um quarteirão antes de casa e foram andando. Nenhuma palavra, ninguém disse nada. Estavam muito constrangidos por Kai. Se Miyavi estivesse ali naquele momento faria uma piadinha do tipo “A noite não foi boa?”, foi é vergonhosa.

Chegaram a casa, era aproximadamente 1 hora da manhã. Logo se puseram a dormir em seus quartos. Exceto Kai, que ficou acordado horas na cama, pensando. Estava bem chateado, ficava pensando por que saiu de trás da bateria tantas vezes. Podia ter ficado quietinho lá, mas não “Vamos fazer gracinha”. Bom, agora não há mais nada a fazer, foi só mais um show, e logo iriam esquecer. Mas o baterista não tinha tanta certeza, ele não queria em hipótese alguma deixa-los, deixar a banda, mas também, uma parte dele não queria mais aquele corpo, o seu próprio corpo. Ele queria mudar, queria ser um J-Rocker sem ser um J-Rocker.

Na manhã seguinte, lá estavam os quatro – Ruki, Reita, Uruha e Aoi – tomando café da manhã. Iriam ensaiar logo, e Kai ainda não tinha se levantado.

- Nooooossa, Kai está demorando! – falou Ruki.

- É tivemos que comer Miojo. – disse Uruha, olhando para o relógio.

- Ou era o Miojo, ou a comida do Kai. – brincou Aoi.

- Difícil escolha. – completou Reita.

- KAI! NÓS VAMOS SAIR A QUALQUER MOMENTO! VAI DEMORAR MUITO? – gritava Ruki.

- PODEM INDO SEM MIM! APAREÇO NO ENSAIO DEPOIS!

- O Kai não vai com a gente? – surpreendeu-se Aoi.

- Deus! Onde está o nosso baterista responsável?

- Ah Uru, deixa ele! Deve ter sido esquisito para ele ontem, nunca faz isso. – falou Reita, rindo.

- Foi esquisito ver o Kai fazer aquilo. – falou Uruha.

- Baah, logo passa! Também com aquelas fãs taradas, pervertidas, sem-vergo-

- ÉÉÉÉÉ! A gente já entendeu. – falaram Uruha, Reita e Ruki.

- Bom... KAI! ENCONTRE A GENTE LÁ! – gritou Ruki, no primeiro degrau da escada. – Vamos nessa galera.

Os outros foram saindo e logo que o carro cruzou a esquina com os quatro dentro, Kai saiu do quarto, se olhou no espelho...

- É isso!!!!

Na PSC

- AAAAAARRGH! Onde está Kai?!? – perguntava Ruki.

- Nossa... Ele nunca, nunquinha demora assim. – falou Aoi, afinando as cordas da guitarra.

- Com licença, Yuka! – foi falando Reita, para uma designer – Você viu o Uke Yutaka? O Kai?

- Daqui a pouco eu vou jogá-lo pela janela!!!! – gritou Ruki, estressado.

- Err... Viu ele? – perguntou Reita novamente.

- Não, não o vi hoje.

Uruha chegou à sala cansado:

- Procurei em todo lugar... Com o Alice Nine, com o SuG, com o Kagrra... Não estava em nenhum lugar.

- E com o Miyavi? – perguntou-o Reita.

- Não achei o Miyavi.

- Gente... O que será que aconteceu com o Kai?

Naquele momento, entra Kai pela porta.

- E aí meus brothers? Comé que ceis tão?

Ruki, Reita, Uruha e Aoi ficaram parados, em estado de choque, se fosse possível, uma enorme gota estaria estampada na cabeça de cada um.

Kai estava com uma calça amarela muito larga, e tão baixa que se via metade da cueca rosa dele; calçava um tênis de jogar basquete, uma camisa tamanho GG, estava enorme nele, da cor azul; Um boné da NY virado pra trás, era vermelho; um brinquinho BADBOY na orelha direita. E um cordão escrito 50Cent que ia ao seu umbigo. Nenhum piercing, nem lápis no olho... Nem rímel. Nem anel, nada que fizesse do visual de Kai um J-Rocker.

- K-K-K-Kai!!? – Uruha estava incrédulo. – Você é mesmo Kai?

- Dãããã, tu não tem muita daquela parada de massa né doidão? É lógico que eu sou o Kai, por enquanto, estou planejando um outro nome mais melhor pra mim sacou?

- O que é que ele disse? – perguntou Aoi aos outros.

- Só entendi a parte que ele é o Kai e quer um nome diferente.

- Foi isso mesmo que eu citei colegão, to de boa akê e vocês ficam ai olhando pra mim assim, qualé? Qual é a parada? Ah não, to bolado.

- Deus...

- É MELHOR VOCÊ PARAR COM ESSA PALHAÇADA KAI! – gritou Ruki.

- Calma ai anãozinho! O negócio foi assim, eu tava lá de boa, preparando meu visu, ai o que que rolou, eu atrasei uns minutinhos, sabe comé.

- Anãozinho... – suspirou Ruki.

- Calma Ruki... – falou Reita – Er... Kai! Por que essa mudança repentina de visual?

- Pô, sem noção, foi assim: Eu cansei de ser tratado com um veadinho pelas nossas fãs gostosinhas. Falei.

- Aaah...

- Com esse Visual Kei que tu ta usando não dá pra ser um cara sério.

- Sei… Mas Kai… COM ESSE VISUAL, VOCÊ TAMBÉM NÃO VAI SER UM CARA SÉRIO!

- Pelo menos nenhum porra vai falar que eu uso Visual Gay, ou que eu sou um Gay-Rocker por causa disso.

- Se bem que o Kai tem um pouquinho de razão... – começou Aoi.

- Aoi, NÃO COMEÇA! – falou Ruki.

- Não... O Aoi tem razão. – começou Uruha – A gente não pode usar um visual kei, não pode fazer um fã-service, não pode usar uma bermudinha, não pode usar uma maquiagem rosa, não pode beijar outro homem, não pode querer ter um carrossel com pôneis coloridos que todo mundo já acha que nós somos um bando de bichas.

- Olhando por esse ângulo... – suspirou Reita.

- Bom... Hã... Como eu não sei argumentar, pelo menos vamos ensaiar com esse estrupício ai.

- Qualé irmão, ta falando comigo ta? Pode vir pode! – falou Kai.

- Kai... NÃO FAÇA ISSO! – falou Uruha.

- Ta com medinho de um cara que tem um metro e sessenta de altura é fadinha?

- Eu não sou uma fadinha! – disse Uruha, afinando totalmente a voz – Se bem que são criaturas meigas e delicadas e fofas... Que voam por ai, com aquelas asinhas de borboleta soltando purpurina... Ai! Ai! Quero ser uma fadinha!

- Err... É UM METRO E SESSENTA E DOIS! – gritou Ruki.

- Tanto faz! A questão é: TU É BAIXO! E pode vim! Saiba que eu tenho mais de um e setenta.

- Ah é? Pois eu vou te bater até você ficar com um e cinqüenta! – falou Ruki completamente irritado.

Um tempo depois, na enfermaria...

- Ai! Ai! Ai!

- Kai, eu não posso ficar segurando essa sacola de gelo no seu olho não. – falou Reita.

- Fica ai só mais um pouquinho irmãozão... Até eu consegui mexer os dedos melhor, ta ligado?

- Você vai continuar com essa ideia? – perguntou-o Reita.

- EU VOU ATÉ O FIM!

- Se continuar assim nem vai demorar muito. – falou Aoi aparecendo na porta com Uruha e Ruki.
Frience
Frience

Mensagens : 1436
Data de inscrição : 31/07/2009
Idade : 27
Localização : Ruki's House

http://iheartkara.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Fic: Kai decide virar rapper Empty Re: Fic: Kai decide virar rapper

Mensagem  Midori em Dom Set 12, 2010 9:25 am

Ta cheguei BEMMM atrasada >///< ^-^

Mais eu gostei da fic rsrssrs' a ideia foi bem legal e foi bemmm interresante ^-^

Parabenss ^^
Midori
Midori

Mensagens : 33
Data de inscrição : 12/09/2010
Localização : em algum lugar por ai com uruhinha :p

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum