The power of smile

Ir em baixo

The power of smile Empty The power of smile

Mensagem  葵 「Shiro」 em Ter Ago 04, 2009 1:42 am

Nome: The power of smiles
Autor (a): Shiroyama Anny
Genêro: Drama, romance
Personagens: Aoi,Kai,Ruki,Reita,Uruha,Miyavi
Casais: KaixMiyavi
Aviso: Fic contém homosexualidade, e sexo


Primeira fic Kai e Miyavi....



Capitulo 1: You smile

Miyavi Pov’s
Eu já estava cansado de tudo isso. Cansado de falsos sorrisos, de falsos amores, cansado de sempre ser rodeado de pessoas falsas que estão ao meu lado somente por “pena”. Sim é isso que eles sentem por mim, somente pena.
A vida não é tão simples como imaginamos, ou melhor, como eu imaginava. Desde que ela morreu eu não passo de um estorvo para o meu pai. Eu queria sumir, queria tirar essa dor do meu peito, mas nem para isso eu presto.
Estou a mais de uma hora caminhando e só deus sabe onde estou, a noite esta linda para os olhos de qualquer um, céu estrelado com uma lua cheia brilhante, mas para mim tudo esta feio.
Vejo as pessoas andarem felizes por entre as ruas de Tókio e me pergunto: Porque eu também não posso ser feliz? Porque eu não consigo mais sorrir e nem me sentir vivo novamente? Porque minha vida se tornou um caos?
Resposta? Talvez elas nunca cheguem.
Sento em um banco em uma praça qualquer. Não sei o que fazer. Tudo que eu preciso é de um descanso, mas não um descanso carnal e sim um descanso espiritual. E é pensando assim que me encontro subindo para o terraço de um prédio abandonado, o cenário em que me encontro é perfeito para a situação em que estou parece até que algo ensaiado, talvez desde o inicio da minha vida era pra isso acontecer.
Já no terraço, olho para baixo constatando a altura do prédio, é realmente bem alto, mas já cheguei aqui não irei desisti, uma dor estranha toma conta do meu peito e antes que me desse conta eu já estava gritando. Um grito que transmitia toda minha dor. Eu já estava prestes a pular quando ouço uma voz estranha.

- Caracaaaaa, como isso é alto, tem certeza que quer pular? – paralisei ao ver um homem parado ao meu lado com uma mascara no rosto, porém ] o mais estranho é que ele sorria.
- Q-quem é você? – Eu estava meio tremulo, mas graças aos céus consegui pronunciar algumas palavras.
- Uke Yutaka, mas pode me chamar de Kai – Ele me estendeu a mão sorrindo e eu a apertei
- Takamasa Ishihara ou simplesmente Miyavi- o sorriso nos lábios do moreno estava me irritando. Será que ele não percebia a situação em que eu estava? – o que faz aqui?
- Eu estava lendo, até você começar a gritar feito louco – desta vez foi minha vez de sorrir, mesmo que tenha sido um sorriso fraco.
- Gomen nee, eu não foi minha intenção atrapalhar sua leitura. – suspirei e sentei-me no chão sendo acompanhado pelo menor.
- Ah que isso, eu não queria ler mais mesmo – riu¬ e eu continuei quieto. Senti a mão do moreno posar sobre minha cabeça e deixar um afago gostoso naquele local – sabe Myv-kun, se matar não é a melhor maneira de se resolver os problemas – sua voz era suave, e de alguma forma acalmava minha alma ouvi-la, mesmo tendo acabado de conhecê-lo era obvio que ele não era como todas as outras pessoas que me rodeavam: falsas.
- você não sabe dos meus problemas- pude ouvir uma risadinha vinda dele ao falar isso.
- pode desabafar se quiser - e mais uma vez ele sorriu, e deus como o sorriso dele é lindo.
- E-eu – suspirei ¬ - eu, me sinto um verme. Estou cansado de ser alvo de zoações, pena e falsidade. E... - lágrimas já começavam a descer por meu rosto e eu não me envergonhava de estar chorando na frente de uma quase desconhecido – Sinto tanta falta da minha mãe, queria tanto estar ao lado dela agora, queria tanto poder sentir o abraço dela e ouvir ela me dizer que tudo ficará bem, mas não, eu nunca mais poderei vê-la. Porque ela tinha que morrer tão cedo? Porque ela tinha quer ter essa maldita doença? Porque ela? Eu não agüento mais Kai, não agüento viver sem ela, não agüento viver com o desprezo do meu pai, eu simplesmente não agüento.
E nesse momento eu já estava em prantos, o moreninho me abraçava tão forte que tenho certeza que ele pode sentir minha dor, pois igualmente a mim ele chorava. Não sei o por que de eu estar contando sobre minha vida para alguém que eu acabei de conhecer, mas ele me transmitia uma confiança que eu nunca havia sentido antes por alguém. Sentir um carinho em meus rosto e abri os olhos, era Kai secando minha lágrimas.
- Seja forte Myv-kun.
- Eu não consigo, eu já cheguei ao meu limite, eu só quero morrer, não quero mais essa vida inútil, não quero mais viver Kai, não quero.
- Não diga algo tão estúpido - me encarou sério – viver é tão maravilhoso Myv-kun, é tão bom não ter que depender dos outros pra viver. Você pode até achar que a vida é inútil, mas quando você se encontra numa situação em que sua vida depende de outra pessoa, sua opinião muda e tudo que você realmente quer é viver, viver intensamente.
Sentir meu coração parar ao ver Kai chorando, mesmo ele sorrindo era obvio a tristeza em seu olhar. Por Deus, do que ele estava falando?
- K-kai?
- Eu sofro de uma doença no coração, e todos os dias eu tenho que ir ao médico, tomar milhares de remédios todos os dias, minha única salvação é um transplante de coração e eu sei que esse tipo de órgão é muito difícil de conseguir, eu já me conformei com a minha morte, mesmo sendo difícil eu tento viver cada segundo da minha vida ou isso que eu chamo de vida.

- Kai .... - eu pretendia falar algo, mas senti seu dedo sobre meus lábios me impedindo de falar e um sorriso lindo ser desenhado em seus lábios
- Não tire sua vida Myv-kun, ela vale muito e não merece ser tirada por problemas que podem ser resolvidos, tenha forças e lute.

Ainda sorrindo ele me beijou na bochecha, e sussurrou um Tchau. O vi indo embora e não pude fazer nada para impedi-lo, pois suas palavras me imobilizaram. Deus como eu sou idiota, pensar em tirar minha vida quando outras pessoas desejam tanto viver, e Kai como um anjo enviado por Deus havia me ensinado isso esta noite.

- Arigatoo Kai.
葵 「Shiro」
葵 「Shiro」

Mensagens : 966
Data de inscrição : 01/08/2009
Idade : 27

http://www.disorderk.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

The power of smile Empty Re: The power of smile

Mensagem  Mari Lieko em Seg Dez 26, 2011 4:59 pm

kawaii >.<...
Adorei... Também.

E está certa...
Não devemos nos matar, pois há outras pessoas que querem viver. E menosprezamos nossa própria vida... Enquanto isso.

Mari Lieko
Mari Lieko

Mensagens : 49
Data de inscrição : 23/12/2011
Idade : 21
Localização : Mundo das Sombras

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum